Tecnologia do Blogger.

29/07/2017

RESENHA – Mil Pedaços de Você (Claudia Gray)

Claudia Gray
Ficha técnica:
Referência bibliográfica: GRAY, Claudia. Mil pedaços de você – série “Firebird”. 1ª edição. Rio de Janeiro. Agir Now, 2015. Tradução: Gabriela Fóes. 288 páginas.
Gênero: Romance, fantasia, infantojuvenil
Temas: mundos paralelos, assassinato triângulo amoroso
Categoria: Literatura Estrangeira; Literatura americana
Ano de lançamento: 2014 nos Estados Unidos da América e 2015 no Brasil
Série: Mil pedaços de você (Livro 1), Dez Mil Céus Sobre Você (Livro 2) e Um milhão de mundos com você (Livro 3)

“Eu amaria você em qualquer corpo, em qualquer mundo, com qualquer passado. Nunca duvide disso”.
Mil pedaços de você – Livro 1. (posição 2661– E-book via Amazon)


Queridos leitores, este é o primeiro livro da trilogia “Firebird”. Nesta história vamos conhecer a Marguerite, uma jovem que adora pintar. Os pais dela, Sophia Kovalenka e Henry Caine, são cientistas famosos por conta de uma grande descoberta.
Com a ajuda dos seus assistentes, Theo Beck e Paul Markov, eles inventaram um aparelho, Firebird, que permite à pessoa viajar entre dimensões paralelas. Cada universo representa um conjunto de possibilidades. Exemplo disso é você ir para uma outra dimensão em que os nazistas tenham ganhado a Segunda Guerra Mundial.
A história se inicia com a Marguerite viajando, juntamente com o Theo, para uma outra dimensão com o objetivo de matar o Paul. O Markov havia sido incriminado por ter matado o pai dela e ter fugido com o Firebird.
Essa busca por ele só foi possível porque o Theo finalizou dois outros protótipos do aparelho, e configurou para que rastreassem o Paul a cada dimensão que ele fosse.
Ao longo da história, percebemos que há uma ligação entre ela e o Theo. Contudo, é possível perceber que o coração dela sempre palpitou mais forte pelo Markov. Como ele é o principal suspeito, o carinho que ela tinha por ele se transformou em raiva. Afinal, como ele pôde enganá-la matando uma das pessoas mais importantes na sua vida?
O livro é recheado de novos ambientes e histórias ao passo que ela muda de um lugar para outro. Além disso, outro ponto é o que de fato aconteceu com o pai dela e o motivo dele ter morrido. No decorrer da história percebemos várias conspirações e intrigas envolvendo uma empresa que é a líder mundial em tecnologia e quer ter o total controle dessas viagens dimensionais.
Claudia Gray, autora do livro, é o pseudônimo de Amy Vincent. Ela vive em Chicago, nos Estados Unidos da América. Trabalhou como DJ, advogada, jornalista e garçonete. Hoje, se dedica à literatura em tempo integral.
O livro possui 27 capítulos e é narrado intercalando o presente e o passado, quando a Marguerite aborda o que aconteceu antes do assassinato do seu pai. Ele é narrado em primeira pessoa, pelo ponto de vista dela.
Leitores, gostei deste livro. Espero ter tempo para ler a sequência, “Dez Mil Céus Sobre Você”, que dará continuidade à história da nossa mocinha. Tanto este quanto o desfecho da história, “Um milhão de mundos com você”, já foram lançados aqui no Brasil.
Bibliografia de Claudia Gray (ordem cronológica):
Mil Pedaços de Você
Livros:
  • Noite Eterna – Planeta (2010)
  • Caçadora de Estrelas – Planeta (2010)
  • Imortal – Planeta (2010)
  • Névoa do Tempo – Planeta (2010)
  • Além da Vida – Planeta (2011)
  • Mil pedaços de você – Agir Now (2015)
  • Dez mil céus sobre você – Agir Now (2015)
  • Férias infernais – Galera (2015)
  • Estrelas Perdidas (Jornada para Star Wars: O Despertar da Força) – Seguinte (2015)
  • Um milhão de mundos com você - HarperCollins Brasil (2017)
Leia Mais ►

27/07/2017

Clube do Livro - Codinome Lady V

Olá, leitores da Academia! Esse mês teremos mais um Clube de leitura. Quem ai gosta de um bom romance com pitadas de erotismo? O livro desse mês tem muito disso ;)


O que é?


Olá, leitores de Brasília. Teremos mais uma edição do Clube do Livro Autêntica e a obra escolhida foi Codinome Lady V! Para participar do clube, basta legar o livro tema e comparecer a livraria! É leitor, não leu o livro e quer participar mesmo assim? Venha! Só cuidado com os spoilers rsrs. A entrada é gratuita! Com a mediação do blog Academia Literária! Esperamos você!

Quando?

Dia 17 de junho (sábado), às 16h00

Onde? 

Livraria Cultura - Casa Park

Link do evento: aqui.


Mapa:



Vamos?

Aproveito para deixar abaixo a fotinha que fiz para divulgar o livro no Insta. O que acharam? Vale a curtida? Apoiem nosso projeto pelo Instagram também ;)



Top Comentarista n°15: Clique para participar

Leia Mais ►

25/07/2017

RESENHA – Chefe Irresistível (Christina Lauren)

ATENÇÃO!
A obra resenhada apresenta cenas eróticas. Leitura não recomendada para menores de 18 anos.
Ficha técnica:
Referência bibliográfica: LAUREN, Christina. Chefe Irresistível – série “Cretino Irresistível”. 1ª edição. São Paulo, Universo dos Livros, 2016. Tradução: Eloise de Vylder. 112 p.
Gênero: Romance, Ficção erótica
Temas: casamento, entrevistas de emprego
Categoria: Literatura Estrangeira; Literatura Americana
Ano de lançamento: 2016 no exterior e no Brasil
Série: Cretino Irresistível (Livro 1), Cretina Irresistível (Livro 2), Estranho Irresistível (Livro 3), Paixão Irresistível (Livro 4), Playboy Irresistível (Livro 5), Noiva Irresistível (Livro 6), Sempre Irresistível (Livro 7), Surpresa Irresistível (Livro 8), Chefe Irresistível (Livro 9) e Irresistíveis (Livro 10)


“Mas quando ela desceu as escadas rolantes, exausta, linda e amarrotada...Caramba! Eu teria atravessado qualquer congestionamento para encontrá-la.”
Chefe Irresistível – Livro 8 (pág. 88)


Queridos leitores, este é o oitavo livro da série “Cretino Irresistível”, e é um extra do livro “Playboy Irresistível”, que contou a história da Hanna Bergstrom e do Will Sumner. Então, se vocês não leram esse livro, sugiro que não leia esta resenha, pois poderá conter spoiler.
Como este livro é muito pequeno (112 páginas) não vou poder comentar muito aqui, para não estragar a história.
O livro inicia com os preparativos finais do casamento dos pombinhos Hanna e Will. Porém, ela não pôde dar muita atenção, pois estava fazendo várias entrevistas de emprego em diversas universidades, dentro e fora do país. Seu desejo era ser chefe de laboratório na universidade.
O casal deixou para tomar algumas decisões sobre o futuro profissional dela – caso precisassem se mudar – após o casamento, quando ela estaria em tese mais tranquila com o tempo. Contudo, a Hanna não parava de marcar entrevistas, até que chegou a um ponto que o Will, apesar de apoiá-la, começou a ficar chateado (até eu ficaria), haja vista que eles não conseguiam conversar sobre decisões importantes que impactariam na vida de casa.
Leitores, o que mais gostei neste livro foi perceber como o trabalho, muitas vezes, nos afasta das pessoas que amamos. Achei o Will muito fofo com toda essa loucura da Hanna e, em alguns momentos, tive vontade de dar umas chacoalhadas nela, apesar de entender algumas decisões que ela precisou tomar.
As autoras do livro, Christina Hobbs e Lauren Billings, escrevem sob o pseudônimo de Christina Lauren. A dupla de co-autoras escreve tanto New Adult como Young Adult, e juntas escreveram treze romances best-seller do New York Times. Elas são publicadas em mais de 28 idiomas. Seu primeiro romance, Cretino Irresistível, começou como uma fanfic de Crepúsculo chamada The Office. No Brasil as autoras são publicadas pela Editora Universo dos Livros.
O livro possui 7 capítulos e é narrado de forma linear cronológica e em primeira pessoa, pelo ponto de vista da Hanna e do Will. É um livro que você consegue ler em um dia.
O próximo e último livro da série, “Irresistíveis”, contará a história de Pippa Bay Cox, amiga da Ruby Miller – que teve sua história contada no oitavo livro desta série, e do Jensen Bergstrom – irmão da Hanna. Confesso que estou bastante ansiosa para lê-lo. Inclusive, o livro já foi lançado aqui no Brasil.


Bibliografia de CHRISTINA LAUREN (ordem cronológica):

Livros:

  • Cretino Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2013)
  • Cretina Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2013)
  • Estranho Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2013)
  • Playboy Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2013)
  • Paixão Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2014)
  • Noiva Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2014)
  • Sedutor – série Selvagem Irresistível – Universo dos Livros (2014)
  • Sempre Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2015)
  • Surpresa Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2015)
  • Indecente – série Selvagem Irresistível – Universo dos Livros (2015)
  • Misterioso – série Selvagem Irresistível – Universo dos Livros (2015)
  • Sublime – Universo dos Livros (2015)
  • Chefe Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2016)
  • Mentiroso – série Selvagem Irresistível – Universo dos Livros (2016)
  • Surpresa Irresistível – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2017)
  • Irresistíveis – série Cretino Irresistível – Universo dos Livros (2017)
Top Comentarista n°14: Clique para participar




Leia Mais ►

24/07/2017

5 livros que você deve ler ainda no ensino médio


A adolescência é época de descobertas – há um mundo de oportunidades de portas abertas para te receber. O ensino médio traz, ao mesmo tempo, medo e entusiasmo: o receio de finalizar uma etapa da vida e a felicidade de estar tão próximo de iniciar outra.
Por mais que os últimos anos escolares demandem muitos esforços, esse pode ser o período perfeito para conhecer livros que, por algum motivo, marcaram história e conquistaram leitores pelo mundo. Afinal, não é segredo para ninguém que ler te ensina e o mais legal: te inspira. Pensando nisso, a Academia Literária DF preparou uma lista com cinco livros que você precisa conhecer ainda no ensino médio.


Obs.: Livros, porém, podem – e devem – ser lidos independente de qual etapa da vida você esteja.
  1. Volta ao mundo em 80 dias (Júlio Verne) 


Phileas Fogg embarca em uma aventura ao lado do seu empregado, Passepartout: dar a volta ao mundo em 80 dias. A peripécia dos dois ocorre após uma aposta, na qual o rico inglês se propôs a navegar pela Terra em pouco tempo. O destino reserva inúmeros imprevistos, inclusive o encontro com o amor.
O livro do autor francês Júlio Verne foi publicado pela primeira vez em 1872. Desde então, esse clássico inspira viajantes de todo o mundo. Imaginou conhecer cidades com belezas e culturas diferentes? Conheça esse livro primeiro, pois com certeza ele irá despertar a sua imaginação.

  1. Dom Casmurro (Machado de Assis)


O jovem Bentinho encontra o amor na vizinha Capitu. Eles se apaixonam na adolescência e passam por perrengues como a ânsia da mãe de Bentinho em transformá-lo em padre por conta de uma antiga promessa. Por fim, casam e tem um único filho. Bentinho, porém, é atordoado com a dúvida: Capitu o traiu com o melhor amigo?
Dom Casmurro é um clássico da literatura brasileira, escrito por Machado de Assis e publicado pela primeira vez em 1899. Esse livro é importantíssimo para quem está no ensino médio porque, além de ter uma narrativa rica em detalhes e um português rebuscado – que necessita atenção e até um dicionário – é exigido em inúmeros vestibulares.

  1. A hora da estrela (Clarice Lispector)


Macabéa é jovem, pobre e sonhadora.  A nordestina tenta ganhar a vida no Rio de Janeiro, mas logo se desilude com o emprego e com o amor. O foco dessa trama são os conflitos internos da protagonista, que mal conhece a própria solidão.
Romance de Clarice Lispector, “A hora da estrela” foi lançado em 1977. O livro, inclusive, foi o último escrito pela autora ucraniana naturalizada brasileira, que morreu pouco depois. Se você não conhecia as obras da autora, esse pode ser um ótimo começo.

  1. O Iluminado (Stephen King)


Obra do célebre escritor norte-americano Stephen King, “O Iluminado” é uma referência moderna de narrativa de horror. O livro foi adaptado para as telonas em 1980 – o filme se tornou um clássico do cinema.
“O Iluminado” conta a história de Jack Torrance, um caseiro que se muda com a esposa e o filho Danny durante o inverno para um hotel isolado. O pequeno Danny possui visões de premonição que crescem na nova casa. No local, Jack descobre segredos assustadores e seu comportamento é modificado para o de um maníaco.

  1. Saga Harry Potter (J.K. Rowling)


A saga de Harry Potter não poderia ficar de fora por conta do número expressivo de leitores que ganhou. Um fenômeno mundial, a história criada por J.K. Rowling vendeu mais de 400 milhões de exemplares.  Neste ano, “Harry Potter e a pedra filosofal” – o primeiro livro da série – completou 20 anos.
A série composta por oito livros narra a trajetória de Harry Potter, um menino órfão que se descobre bruxo e parte para Hogwarts, escola de magia e feitiçaria onde ele conhece Hermione e Rony. Logo os três se tornam amigos e começam a viver inesperadas aventuras juntos.

Você já leu algumas dessas obras? Acha que algum outro livro deveria estar nessa lista? Comente!


Top Comentarista n°13: Clique para participar

Leia Mais ►

23/07/2017

Horóscopo dos livros: Leão

horóscopo
Imagem retirada do site https://sl.empiricus.com.br


Olá, amigos leitores,

Este mês falaremos dos rawww (isso foi um rugido, ok?), os leoninos. Quando vi a imagem deste gatinho vestido de leão eu não aguentei, sério! Tive que colocar aqui, então, peço desculpas aos leoninos que queriam ver um leão todo imponente (rsrs).

Este signo é mais do que especial para mim, pois existe um leonino que eu amo do fundo do meu coração. Até rimou ;)

As revelações abaixo foram extraídas do site Personare, que contém os dados que tratam deste signo e da carta de tarot sorteada.

Lembrando que este post tem o intuito apenas de descontrair.

Leão (23 de julho a 22 de agosto) 

Elemento: Fogo (Brilhante e chamativo, o elemento fogo está no centro de todas as coisas. Porém, não gosta de ser aprisionado, de limites ou formas pré-definidas.)

Regente: Sol (Esse astro representa a maneira como você expressa a sua natureza mais essencial, o seu eu na forma mais básica. Ele aponta a forma como você compreende o seu poder pessoal e a sua identidade, revelando como você se afirma e se mostra diante do mundo.)

Cor: Dourada (A cor sugere riqueza e pode ajudar a atrair prosperidade, fartura e segurança.)

Flores: Girassol (As grandes e amarelas tendem a agradar o signo de Leão. O girassol, por exemplo, capta sua confiança, força e o transforma no centro das atenções.)

Pedras: Topázio, crisoberilo, âmbar amarelo e olho de tigre.

Perfil: No signo de Leão, podemos encontrar a ideia de calor, de irradiação de luz. É um signo generoso, doador e vibrante em seu idealismo. Uma alma que costuma possuir uma consciência plena de si mesma e do papel que veio desempenhar no mundo. Estas são características de quem possui o signo de Leão no Mapa Astral, não apenas de leoninos, como popularmente se chama quem nasceu com Sol em Leão. 

Características: generosidade, nobreza e criatividade

Principal frase: “Eu crio, logo existo” 


Sarah J. Maas.
Personagem feminina: Celaena Sardothien do livro “Trono de Vidro”, da Sarah J. Maas. 

Sinopse do livro: Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.

Breve avaliação: A Celaena sabe que é boa no que faz, e não deixa nada e ninguém dizer ou pensar ao contrário. É uma personagem que sabe se impor, assim como o rei da selva, o leão. 

Para ler a resenha deste livro, clique aqui.


Maya Banks.

Personagem masculino: Ewan McCabe do livro “Atraída Por Um Highlander”, da autora Maya Banks. 

Sinopse do livro: Ewan, o mais velho dos irmãos McCabe, é um guerreiro decidido a destruir o seu inimigo. Agora que o momento é ideal para a guerra, os seus homens estão preparados e Ewan quer reaver aquilo que lhe pertence - até que uma tentação de olhos azuis e cabelo negro se atravessa no seu caminho. Mairin pode muito bem ser a salvação para o clã de Ewan, mas, para um homem que sonha com vingança, as questões do coração são um território desconhecido a conquistar. Mairin é filha ilegítima do rei e é senhora de propriedades valiosas que a obrigaram a esconder-se e a desconfiar do amor. Os seus piores receios acabam por acontecer quando é salva do perigo mas depois obrigada a casar com o seu salvador, Ewan McCabe, um homem carismático que está habituado a mandar. Mas a atração que sente pelo seu novo marido fá-la desejar o seu toque; o seu corpo ganha vida com a mestria sensual dele. E à medida que a guerra se aproxima, as forças, o espírito e a paixão de Mairin obrigam Ewan a derrotar os seus próprios fantasmas e a entregar-se a um amor que significa mais do que a vingança e a terra.

Breve avaliação: O Ewan me lembra muito um leonino, por conta da sua imponência como o chefe do clã. Além disso, ele tem uma determinação feroz em proteger o seu povo, e se admira por ter os guerreiros mais bem treinados de toda a Escócia. 

Para ler a resenha deste livro, clique aqui.

Carta de tarot sorteada:

.

.

.

.
8 de copas
Fonte da imagem: www.iquilibrio.com
A carta "Oito de Copas" (ou VIII de bastos) surge como posição de aconselhamento neste momento de sua vida, Academia Literária. A mensagem deste arcano é muito clara: identifique as coisas, pessoas, hábitos ou situações que não lhe servem mais e gentilmente se despeça de tudo isso. Esta é a hora de separar o joio do trigo, de encarar a necessidade de abrir mão de todas as coisas as quais você se apega, mas que não fazem mais sentido. Pode ser um processo doloroso, mas você entenderá como se trata de algo necessário. Confie! Deixe o tempo passar, ele cura todas as feridas. O que não vale é ficar se lamentando aos quatro ventos, pois isso lhe tornará alguém pouco atrativo, com quem as pessoas não desejam estar. Lembre-se que a pérola, como dizem os poetas, nasce do sofrimento da ostra. Neste momento, talvez seja bastante útil observar o sofrimento dos outros, a fim de que você perceba que há outras pessoas com dores muito mais sérias do que as suas. Quando cuidamos da dor do outro, o nosso próprio sofrimento parece se aquietar.

Livro relacionado à carta: Leitores, se eu pudesse dar o conselho que o 8 de copas apresentou, com certeza eu daria à Grace do livro “O erro” (autora Elle Kennedy), por conta da sua “amizade” com a Ramona. Esta garota é muito superficial e invejosa. Depois que a Grace passou a namorar o Logan, a Ramona, indignada pela amiga tímida ter conquistado a atenção do jogador de hóquei da Universidade, passou a criar algumas situações muito constrangedoras para a Grace. 

Para ler a resenha deste livro, clique aqui


Dicas: queridos leitores, para quem quiser curtir uma seleção de músicas ou livros que se relacionam com os leoninos, basta acessar os links abaixo. 

  • Livros para os leoninos: lista da Amazon (para acessar, clique aqui
  • Músicas para os leoninos: playlist do Superplayer (para acessar, clique aqui


É isso, até a próxima, queridos leitores!

Astróloga literária (rsrsrs) Gabi Crivellente

Top Comentarista n°12: Clique para participar

Leia Mais ►

22/07/2017

RESENHA – Trono de Vidro (Sarah J. Maas)

Ficha técnica:
Referência bibliográfica: MAAS, Sarah J. Trono de Vidro. 1ª edição. São Paulo, Galera Record, 2013. Tradução: Bruno Galiza, Lia Raposo, Rodrigo Santos e Mariana Kohnert. 312 páginas.
Gênero: Romance, fantasia, infantojuvenil
Temas: assassinato, magia, política
Categoria: Literatura Estrangeira; Literatura Americana
Ano de lançamento: 2012 no exterior e 2013 no Brasil
Série: Trono de Vidro (Livro 1), Coroa da Meia-Noite (Livro 2), Herdeira do Fogo (Livro 3), Rainha das Sombras (Livro 4), Império de Tempestades – Tomo 1 (Livro 5), Império de Tempestades – Tomo 2 (Livro 6).


“Todos carregamos cicatrizes, Doria. As minhas são apenas mais visíveis que as da maioria. ”
Trono de vidro – Livro 1. (posição 5.328 - E-book via – Amazon )





Queridos leitores, este é o primeiro livro da série “Trono de Vidro”, que é composto por sete livros além de um conto, até o momento. Nesta história vamos conhecer a Celaena Sardothien, a assassina mais famosa do reino de Adarlan.
A assassina, por conta de uma traição, fora capturada e levada para uma prisão em Endovier. Após um ano encarcerada, o jovem príncipe de Adarlan, Dorian Havilliard, apareceu para fazer uma proposta à ela.
O rei precisava de alguém que ajudasse o império a lidar com pessoas difíceis. Para isso, ele organizou uma competição na qual cada um dos 23 integrantes do seu conselho pudessem patrocinar um candidato à vaga. Sendo que os candidatos escolhidos seriam assassinos, ladrões e guerreiros. Como recompensa, o ganhador, depois de um certo tempo, teria a sua liberdade tão almejada.
No início, a Celaena não queria aceitar essa proposta, de trabalhar para o seu pior inimigo e ser a competidora patrocinada pelo príncipe – que era um colírio para os olhos, diga-se de passagem. Contudo, ela percebeu que se passasse mais tempo na prisão o seu destino seria a morte. Com isso, ela aceitou a proposta e negociou com o príncipe que sua liberdade seria dada após quatro anos de serviço.
Todavia, muitos, inclusive o príncipe, imaginavam que a famosa assassina fosse uma mulher de idade mais avançada e não uma jovem de 18 anos, o Dorian e o Chaol Westfall, capitão da guarda real e o melhor amigo dele, decidiram que a melhor maneira dela entrar nessa competição seria escondendo sua verdadeira identidade. Sendo assim, ela deveria usar um nome falso (Lady Lillian Gordaina) para não levantar a suspeita que ela seria a concorrente favorita para ganhar.
Leitores, este livro é repleto de tantas coisas boas que fico até sem ter por onde comentar. Confesso que demorei muito para lê-lo, pois não gostei da capa, admito! Contudo, já estou aqui com as minhas mãos coçando para ler a continuação da história.
Percebemos que a nossa assassina, ao longo da história, sente uma atração pelo príncipe. Porém, como o capitão a treina diariamente, eles formaram um laço de amizade muito forte. Não tem como você não gostar dos três personagens. Confesso que ora eu queria que ela ficasse com o príncipe e ora com o capitão. Preciso registrar que no livro o foco não é o romance, mas o treinamento dela e a competição.
A Celaena é uma das personagens mais fodonas fortes que eu já tive o prazer de conhecer nas histórias. Sabe quando você olha uma pessoa e fala: “nossa, queria muito ter essa personalidade e determinação!”. Pois é, foi exatamente isso que aconteceu comigo.
Ressalto que além do livro ser repleto de intrigas, assassinatos e mistério, a autora ainda acrescentou uma pitada de magia. Anteriormente, a terra era habitada por seres imortais e muita magia corria pelo mundo, mas, por conta de uma determinação do rei, ela foi extinta e os seres desapareceram. No entanto, essa magia (ou a falta dela) influenciou em muitas coisas que acontecem na história, que obviamente não comentarei aqui.
A autora do livro, Sarah J. Maas, vive no sul da Califórnia, gosta dos filmes da Disney e de música pop. Ela adora contos de fadas e balé, bebidas de café, e assistir programas de TV. Quando ela não está ocupada escrevendo romances de fantasia Young Adult, gosta de explorar a costa da Califórnia.
O livro possui 55 capítulos, e é narrado de forma linear cronológica e em terceira pessoa por vários personagens, porém, a narração predomina pelo ponto de vista da Celaena.
Por fim, destaco que já foram lançados seis livros da sequência aqui no Brasil e que o último deverá ser lançado em 2018. Para os fãs da série (agora eu me tornei uma também), destaco que ela será adaptada para a TV, sendo essa adaptação escrita pela Kira Snyder, mesma produtora da série “The 100”.
Trono de Vidro

Bibliografia de Sarah J. Maas (ordem cronológica):



Livros:
  • Trono de Vidro – Galera Record (2013)
  • Coroa da Meia-Noite – Galera Record (2014)
  • Corte de Espinhos e Rosas – Galera Record (2015)
  • Herdeira do Fogo – Galera Record (2015)
  • A Lâmina da Assassina: histórias do trono de vidro – Galera Record (2015)
  • Corte de Névoa e Fúria – Galera Record (2016)
  • Rainha das Sombras – Galera Record (2016)
  • Império de Tempestades – Tomo 1 – Galera Record (2017)
  • Império de Tempestades – Tomo 2 – Galera Record (2017)

Top Comentarista n°11: Clique para participar

Leia Mais ►

20/07/2017

4 motivos para você acompanhar o trabalho da Academia


            Eu pensei muito no que escrever para esse dia. Acredito que não é à toa que hoje, além de aniversário do blog, comemoramos o dia do amigo. Pois sei que se não fossem os amigos que mantive e os que fiz ao longo desses quatro anos de trabalho, acredito que não teria ido tão longe. Eles foram minha base, meu porto seguro quando pensei (várias e várias vezes) em desistir. Em deixar tudo isso de lado para fazer qualquer outra coisa. Mas eles não deixaram e acredito que enquanto tivermos a literatura como bem comum, jamais deixarão. E eu sou eternamente grato a cada um deles por isso. E mesmo que o dia em que eu deixe de trabalhar aqui no blog, ainda serei grato, pois o que é importa para mim não é o começo, nem o fim e sim a jornada, o caminho que trilhamos ao longo da vida.
            Antes de vocês lerem os 4 motivos que separei para você acompanhar nosso trabalho, quero deixar aqui registrado o meu muito obrigado aos meus amigos. De coração. Não daria para citar a importância de cada um aqui, pois estou certo de que escreveria o suficiente para compor um livro. Então, quero que saibam que vocês são especiais para mim a sua maneira. A todos que passaram pela minha vida nesses 4 anos de projeto, meu muito obrigado.
     Agora, sem mais delongas, bora aos motivos:


1- Primeiramente: somos legais 💑

  Somos legais… Não somos? Eu acho que somos. Pelo menos a Helkem. Como todo mundo gosta dela, eu entro de tabela. Não entro? Tem a equipe também, todos maravilhosos! Brincadeiras à parte, ao menos, posso dizer com toda a certeza do universo que o que fazemos aqui é de coração. Gostamos daqui e gostamos do rumo que nossas vidas tomaram desde que fundamos a Academia. Estamos presentes em 90% dos eventos promovidos aqui em Brasília e acredito que nossa cara seja “carimbada”. Então, se você ainda não nos conhece pessoalmente, venha. Garanto para você que somos gente boa. E estamos sempre procurando melhorar, o que nos leva ao próximo item da lista.

Eu tentando ser legal xD

2- “Segundamente”: estamos sempre buscando melhorar 💪

            Pode parecer clichê e “meta de empresa”, mas acreditem quando digo que procuramos dar o nosso melhor. Quando começamos o blog, lembro que nem logo tínhamos. Fomos atrás de uma. Não tínhamos marcadores, fomos atrás. O Layout do blog não era convidativo, então investimos em outro (este) mais simples para navegação. Fazíamos poucos sorteios, então colocamos o Top Comentarista, começamos a fazer sorteios no Instagram e a cada ano tentamos trazer sorteios mais legais aqui no blog (o Top Comentarista deste mês que o diga). Algumas leitoras pediram por mais resenhas de romances e encontramos novas colunistas para suprir essa necessidade. Agora postamos duas resenhas por semana ao invés de uma só. Enfim… são coisas pequenas que no conjunto da obra acredito que fazem muita diferença no resultado final. E espero de coração que vocês, leitores, gostem e acreditam no nosso trabalho.

Quanto mais livros nessa dança, melhor, não acham?

3- Promovemos eventos literários! 😎

            Sim! Trabalhamos com eventos literários há três anos. Já organizamos eventos de lançamentos de livros nacionais, livros internacionais, bate-papo com mais de um autor, evento para divulgar a literatura feminina, literatura geek, clubes do livro… ufa. Muita coisa, não acham? Então, se você é de Brasília e gosta de comparecer a eventos literários, basta acompanhar nosso trabalho que divulgamos a maioria dos eventos literários que acontecem por aqui. E se ainda não divulgamos um evento específico, manda email pra gente que divulgamos!


Melhor Clube do Livro que você respeita

4- E por último: acreditamos na literatura 💞

           Na aba de “Sobre” você vai encontrar no texto sobre o blog a seguinte frase: “O blog tem como finalidade fomentar a literatura e levar as pessoas à ideia de que livros são essenciais para a formação das pessoas. Tanto acadêmica quanto pessoal”. Esse trabalho que fazemos não é remunerado. Não ganhamos (ainda) para falar de livros com vocês. Gastamos muito dinheiro investindo na manutenção do blog. Perdemos noites de Netflix para preparar o post do dia seguinte. Tardes de preguiça para tirar uma foto bonita para postar no Instagram. Sábados de farra para organizar eventos. Tudo isso porque acreditamos na diferença que um livro pode fazer na vida de uma pessoa.

Cada leitor que sabemos que leu um livro por uma indicação nossa, que fez uma nova amizade por causa de um evento que promovemos, cada autor que encontramos pelo caminho, pessoas que viraram nossos amigos… Não tem preço isso. E por mais que tenhamos dificuldades no caminho que escolhemos seguir, a jornada tem rendido momentos inesquecíveis e amizades duradouras.
E espero de coração um dia ver que você, que está lendo este texto, comprou um livro ou mesmo conheceu uma nova história por nossa causa. E espero também ver o depoimento de cada um de vocês. Seja nos comentários, nos grupos de Facebook, no nosso inbox… Isso é combustível para continuarmos. E o que nos faz seguir em frente apesar de todos os percalços.  
Obrigado por fazer parte de tudo isso.


Parabéns para a Academia! 💖


Top Comentarista n°10: Clique para participar

Leia Mais ►

18/07/2017

Resenha - A Caçadora: Temporada de Caça (Vivianne Fair)

Ficha técnica:
Referência bibliográfica: FAIR, Vivianne. A Caçadora – Temporada de Caça. 1ª edição. São Paulo, Editora Draco, 2016. 315 páginas.
Gênero: Comédia Romântica
Temas: Vampiros, Caçadores, Romance.
Categoria: Literatura Nacional
Ano de lançamento: 2016
Série: A Caçadora – Sorriso de Vampiro (Livro 1)A Caçadora – Sussurro das Sombras (Livro 2), A Caçadora – Temporada de Caça (Livro 3).





AVISO: Esta é a resenha de um livro que pertence a uma série, portanto, há spoilers referentes aos livros anteriores. As resenhas das obras anteriores estão nos links acima.


“Zack:
Manias – me irritar, me provocar, me fazer ser expulsa da sala.
Obsessão – me irritar, me provocar, me fazer ser expulsa da sala.
Pontos fracos – segundo Dante, o vampiro que tentou me matar (bem, o último que tentou me matar) disse que sou eu.
Pontos fortes: seria exagero dizer todos?
Poderes: não faço a mínima ideia. Zack praticamente sabe fazer de tudo – cheguei a arrastá-lo para o Karaokê e o cara deu um show.
Não posso apresentar essa lista para o Conselho, sinto que seria demitida na hora.”
*Caçadora – Temporada de Caça (pág. 8).

Jéssica aprontou de novo... (jura?)
Após os eventos do segundo volume, a caçadora se vê colocada contra a parede pelo Conselho, já que depois de 388 páginas (eu contei) ela não havia matado nenhum vampirozinho sequer e como consequência, as faturas do cartão de crédito só acumulavam. A bonita, ao invés de caçar o dentuço e enfiar uma estaca no peito do infeliz, resolveu que seria legal assumir namoro com o bam-bam-bam, o senhor da zona toda, o rei do sarcasmo e de todos os vampiros Zack.
“Mas não era para ela matar ele?”. Pois é, paciência.
Ei, não sabiam que ele era o Rei dos Vampiros? Avisei ali em cima que teria spoiler, não avisei?
Como se não bastasse ter de “aturar” as travessuras de Zack e as aparições de matar (literalmente) de Erick, um novo inimigo surge para perturbar a pouca ordem e paz do recinto: Dante, vampiro metido a fodão e vilão do segundo livro (resenha aqui) que, pasmem, pediu transferência como aluno e foi parar na mesma turma de Jéssica. Engraçado como todo mundo nesse livro tem cara de adolescente, não é? (Ok, os vampiros não envelhecem, eu sei), mas a Jéssica passou da idade já. Não há estoque de formol que segure sua cara de novinha para sempre. E claro, temos o retorno de Vincent, o único sensato o suficiente no Conselho inteiro a desconfiar que Jéssica é um zero à esquerda no quesito matar vampiros.
A Caçadora – Temporada de Caça é o terceiro e último volume da trilogia escrita pela autora Vivianne Fair, conhecida por seus subordinados como Chefa e pelos seus amigos íntimos como Vivi. No livro anterior, Jéssica havia passado por um trauma de pós-morte e isso foi o catalisador para ela (ou ele, ambos são enrolados) finalmente assumir seu romance com o vampiro Zack. Ambos são constantemente vigiados pelo mensageiro da morte Erick, que atua como um “Anjo das boas maneiras e tradições” impedindo os safadinhos de avançarem o sinal até o casamento. Sim, você leu direito, casamento. Já imaginou o Zack entrando na igreja e virando churrasco? Vou confessar que passou pela minha cabeça a imagem e achei muito da hora. Do outro lado, Dante, o segundo vampiro mais poderoso de que se tem notícia começou a liderar os dentuços rebeldes que queriam Zack de volta no comando ou que desaparecesse de uma vez por todas, pois morto ele já está, não é? Só que o vampiro não quer voltar de jeito nenhum e uma guerra de grandes proporções estava a ponto de acontecer.
E Jéssica só querendo saber de levá-lo para o altar.
E vê-lo sem camisa.
Affz.
Bom, brincadeiras à parte, devo dar o braço a torcer por esse romance meloso. A história é ótima, fazer o que. Como já havia dito nas resenhas dos livros anteriores, a Vivianne Fair tem uma maneira bem humorada de explorar a narrativa, mesmo nas situações que poderíamos considerar mais tensas... acredito que principalmente nessas situações. Com isso a leitura se torna bem ágil, o que faz com que as 315 páginas (pouco menos do dobro do primeiro livro) passem mais rápido. Não bastasse o bom humor, a autora constantemente tira sarro de praticamente tudo usando seus personagens. Ainda digo que Jéssica seria uma ótima comediante, a própria personagem concorda comigo:

Percebi que ando refletindo demais esses dias. Antigamente a única coisa que me fazia refletir era o espelho do banheiro.
Eu sei, essa foi péssima. Não se preocupe, não largarei o meu emprego de caçadora de vampiros para ser comediante. Ah, espera, também nunca matei nenhum vampiro, então em breve serei forçada a largá-lo. Alguém irá fazer isso por mim.
Demissão.
*Caçadora – Temporada de Caça (pág. 202).


         Devo dizer que em questão de história esse foi o melhor livro dos três. Isso porque (finalmente!) a autora explorou o passado não só de Zack, mas da raça dos vampiros. Alguns exemplos que não são spoilers: antes de ser sarcástico e irritante, Zack era frio e calculista. Dá para imaginar? Se você leu os livros anteriores pode até não acreditar em mim, mas essa é a verdade nua e crua. Vampiros que tornam humanos em novos vampiros são severamente punidos (não direi, no entanto, o porquê). Sabiam que o jogo de RPG Vampiro a Máscara existe porque um vampiro deu com a língua nos dentes para um mortal e aí o camarada foi lá e criou um dos jogos de interpretação mais famosos do mundo? Entre outras coisas interessantes que só lendo mesmo para descobrir.
E não apenas os vampiros. Personagens como os pais de Jéssica, as otakus, Booby, o Conselho e até o porteiro, vejam só, ganharam destaque nas páginas do livro. É aqui que ficamos sabendo sobre o sobrenome de Jéssica (que rendeu zueira), o nome e origem dos pais dela, o porquê de Zack não mostrar seus poderes de Super Sayajin vampiro, quem ensinou Vincent a lutar e por que diabos Jéssica tem poderes bizarros.

- Eeei, sogra... – ele arregalou os olhos – ai, meu Deus!
- Eu vou... matar... VOCÊ!         
Zack atravessou o quarto a toda velocidade e saltou pela janela com meu pai ao seu encalço.
Cara, preciso fazer um blog para mim. Com as histórias da minha vida eu ia ganhar mais de 10 mil seguidores
Abri mais a porta e minha mãe pulou no meu pescoço.
- Minha filhinha! Você anda se alimentando direito? Zack não anda se alimentando direto em você, não é?
*Caçadora – Temporada de Caça (pág. 220). 
(imagem)

E não poderia deixar de falar da enxurrada de referências! Capitão América iria ficar perdidinho com a quantidade de referências a outras obras/filmes/séries/animes. Menções ao Conde Drácula, Batman, RPG, Crepúsculo, Star Wars, Jogos de vídeo game, invasão ao Vaticano... são só alguns exemplos. E gente! Eu já estava desistindo, mas finalmente teve combate! *cara de espanto*. Depois de 500 páginas (estou falando sério, contei mesmo) Jéssica finalmente tira pontos de vida de um vampiro! Porém, não chegou a matar. Mas olha, já é um avanço e tanto, não acham?
           Todos que tiveram a oportunidade de ler as obras sabem que Jéssica é atrapalhada e meio ingênua. Mas nessa obra ela extrapola todos os limites do que é sensato. Sabe quando um personagem de filme de terror toma uma atitude estúpida só para o vilão pegá-lo no ato seguinte? Pois é, essa é a Jéssica. Sei que a autora fez de propósito e é assim a personalidade dela, então esse não é um problema com a narrativa e sim uma opinião pessoal acerca da personagem. Ela ser assim faz certas partes da trama acontecerem. No entanto, as “brincadeiras” de gato e rato dela com Dante no decorrer deste livro poderiam muito bem ter sido encurtadas para dar vez a personagens mais interessantes que infelizmente tiveram um pouco de espaço apenas do clímax para o final do livro.
            Concluindo, foi um excelente livro final. Vivianne Vair fechou as várias pontas soltas deixadas abertas nos livros anteriores e deu a seus personagens o final feliz (e clichê) que eles tanto batalharam para conseguir. Estou contente de ter iniciado essa obra e bravamente chegado até o fim.  
Torço para que Jéssica e Zack possam alcançar o coração e admiração de outros leitores Brasil afora. Estou aqui na torcida.
A obra é narrada em primeira pessoa e linear, tudo pela ótica de Jéssica. A fluidez é muito tranquila. A autora não usa sinônimos e suas descrições, embora tenham sido mais detalhadas nesse volume, ainda são simples de se imaginar. Novamente a autora deixa de lado descrições maiores para dar vez ao humor, que em muitos momentos supera até mesmo a lógica da situação. A revisão dessa vez pecou um pouco. Do meio para o fim vi alguns erros que teriam sido evitados com uma leitura um pouco mais atenta. Outro problema foi a diagramação. Em algumas páginas as letras ficaram meio tortas na folha. Fora isso, tudo segue como os volumes anteriores: capítulos representados por uma numeração, o nome do capítulo e um desenho feito pela própria autora.
(imagem)

Vivianne Fair nasceu no Rio de Janeiro e atualmente mora em Brasília.  É artista plástica e escritora desde que aprendeu a escrever, pois escrevia pequenos livros, enchia de desenhos e grampeava as páginas, passeando com eles por aí. Tornou-se ilustradora, quadrinista e também é professora de inglês e desenho e cosplayer nas horas vagas.
A Caçadora – Temporada de caça é uma obra divertida e leve, ideal para se livrar daquela profunda ressaca literária ou se está procurando algo mais tranquilo para ler. Recomendo para as pessoas que estão em busca de leituras relaxantes. Como é um romance, recomendo também para quem curte o gênero. Para aqueles que adoram dar boas risadas (e passar vergonha nos transportes públicos da vida) recomendo pelas divertidas situações nas quais a autora coloca seus personagens e claro, para aqueles que curtem cultura pop. Tem muita referência divertida nas páginas da obra.
A obra trouxe uma abordagem mais adulta, mas sem deixar o bom humor de seus personagens de lado, fechando com leveza um ciclo e cumprindo com aquilo pelo qual foi escrito e pelo qual a autora se destaca: arrancar sorrisos dos leitores.

Bibliografia de NOME DO AUTOR (ordem cronológica):

Livros:

  • Cavaleiros do RPG – Editora Livronovo (2009); republicado e renomeado como “Quem precisa de heróis?” pela Editora Lexia (2010);
  • A caçadora (vol .1): Sorriso de vampiro – Editora Draco (2014);
  • A caçadora (vol. 2): Sussurro das sombras – Editora Draco (2015);
  • A caçadora (vol. 3): Temporada de caça – Editora Draco (2016);
  • Rainha Sombria – Editora Draco (2016);


E-books:

  • Steph, a super-hiperativa – Amazon (2013).


Participações:

  • Drácula Eternamente – participação com o conto “Quando conheci o Drácula”, Editora Estronho (2012);
  • Sociedade das sombras: contos sobrenaturais – participação com o conto “Entre a caça e os caçadores”, Editora Estronho (2012).
Top Comentarista n°9: Clique para participar





Leia Mais ►