Tecnologia do Blogger.

03/11/2015

RESENHA - Segredos de uma Noite de Verão (Lisa Kleypas)

Ficha técnica:
Referência bibliográfica: KLEYPAS, Lisa. Segredos de uma noite de verão. 1ª edição. São Paulo, Arqueiro, 2015. 288 páginas.
Gênero: Romance.
Temas: Ficção. Romance de época.
Categoria: Literatura estrangeira; Literatura norte-americana.
Ano de lançamento: EUA, 2014. Brasil, 2015.
Série "As Quatro Estações do Amor": Segredos de uma noite de verão (livro 01).















“Ele estava sendo sincero. Não era um homem de meias medidas. Em troca da entrega dela, ele lhe dava sua lealdade e seu apoio incondicionais. 
Annabelle guardou um silêncio inexplicável por um longo tempo, o que o fez pensar que ela talvez estivesse cansada. No entanto, quando voltaram ao quarto do Coeur de Paris naquela noite, ela se entregou com renovado fervor, tentando expressar com o corpo o que não era capaz de dizer com as palavras.”
*Segredos de uma noite de verão. (pág. 219).




         Dona de uma beleza incomparável e de uma personalidade única, Annabelle Peyton está em busca de um bom casamento. Apesar dos atributos, a jovem não consegue uma proposta decente por sua família não ter condições de oferecer um dote. Quando tudo o que ela queria era uma união honrada e estável – sem a ilusão de encontrar o amor – Annabelle constrói amizades verdadeiras e descobre sentimentos que nunca imaginara sentir, principalmente com um homem misterioso.
Simon Hunt é o tipo de homem que atrai problemas. Ele se apaixona por Annabelle desde o primeiro momento em que a viu, mas demonstra apenas vontade em desfrutar da pureza da jovem. Como em uma briga de gato e rato, os dois tentam disfarçar os sentimentos, mas são incrivelmente derrubados pelo desejo.
A obra “Segredos de uma noite de verão” tem como cenário principal Londres, na década de 1840. A história da autora Lisa Kleypas apresenta dois personagens principais: Annabelle Peyon – uma moça com título, mas sem dinheiro – e Simon Hunt – um rapaz sem título, porém milionário. Os dois se conhecem e, durante muito tempo, Annabelle ignora Hunt exatamente por ele ser um homem sem títulos – o que para ela, moça de família tradicional, era repugnante.


Lisa Kleypas ganha pontos pela construção belíssima dos personagens. Não há furos na história e esta não deixa brechas para indagações. Fica claro que os dois estão apaixonados, mas ambos tentam esconder os verdadeiros sentimentos e isso torna a trama angustiante e imprevisível – o que é uma coisa boa, já que eu fiquei torcendo para descobrir o que iria acontecer em seguida.
Apesar de Simon Hunt ser o típico homem dos romances de época (como o Lorde Dain, da autora Loretta Chase), ele encanta pela mistura de elegância, ignorância e bondade. E a mocinha da história surpreende por ter uma mente a frente da época, mantendo a pureza. É válido citar as amigas que Annabelle faz em um dos bailes de temporada (onde as moças da época conheciam os rapazes). A tímida Evie torna a história mais doce e as irmãs norte-americanas Bowmans dão o toque de humor. Os diálogos e cenas entre as amigas rendem boas risadas para os leitores.
Eu tenho amado a leitura de romances de época por estes terem uma linguagem rica e sofisticada. Apesar de a trama não apresentar grandes desafios, a linguagem tem um grau médio de dificuldade (leitores assíduos não encontrarão grandes problemas).


Geralmente, livros deste gênero são em terceira pessoa com um narrador onisciente e em “Segredos de uma noite de verão” não foi diferente. O foco narrativo se restringe, em alguns momentos, ao romance de Annabelle e Hunt, mas se estende aos longos períodos em Annabelle passa com as amigas ou com a família. A relação temporal da obra é truncada, com passagens de tempo e analepses. A formatação é bem simples e só há uma ilustração nas duas primeiras páginas do livro referente ao cenário.
A autora é famosa pela série “Os Hathaways”, composto por cinco livros e um conto. Lisa Kleypas inaugura uma nova série com “Segredos de uma noite de verão”, sendo o primeiro livro dos quatro (ainda não lançados no Brasil) da série “As Quatro Estações do Amor”. Lisa Kleypas já escreveu 36 romances e foi vencedora do Prêmio RITA, maior premiação estadunidense para romances de ficção.
        “Segredos de uma noite de verão” é um belíssimo romance de época. Tenho ótimas expectativas em relação a nova série de Lisa Kleypas e espero ansiosamente pelos próximos livros. Essa obra é indispensável para os amantes de romance de época e para os fãs de Lisa Kleypas. Indico este, em especial, para aqueles que gostam de histórias leves, doces e com uma pitada de aventura e tesão. Qualquer pessoa é capaz de entender o segmento do livro, porém diria que a linguagem não seria divertida para os simplistas.


Bibliografia de LISA KLEYPAS:

Obs: Como a autora tem diversos livros publicados, optamos por colocar o link do skoob da autora, que pode ser acessado abaixo.

Link: Skoob.


Postagem nº1: Clique na imagem para participar 
Comentários
12 Comentários

12 comentários:

  1. Olá!!
    Como não amar os romances de época, ainda mais quando se tem autoras incríveis como a LISA KLEYPAS, a cada livro um encanto maior. Pela sua resenha percebo que esse não é diferente tão incrível quanto os anteriores, espero poder ler essa serie que promete.
    Bjocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rose! Exatamente: como não amar?! Haha.
      Esse livro é incrível, super indico para quem ama romances de época.
      Bjs,
      Isa

      Excluir
  2. Aiiiiii que bom que você gostou do livro!!! Eu comprei tem mais ou menos um mês mas ainda não li por conta dos livros de parceiras. E Ufa, sem spoiler! kkkkkkk Eu tbm adoro livros de época por que tem uma linguagem mais rebuscada, me identifico com isso tb kkkkkkkk Parabéns pela resenha, aumentou minha curiosidade e einteresse pelo livro! Bjosssss

    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diana. Obrigada!!
      Você vai amá-lo, a linguagem é riquíssima!

      Bjs,
      Isa

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?

    Apesar dos inúmeros elogios que os livros dessa autora recebem, esse tipo de história não é para mim. O motivo pelo qual não curto muito os livros de época é justamente pela raiz no patrimonialismo que esses livros apresentam, como é o caso da personagem principal que não consegue um casamento pois os pais não tem como pagar um bom dote, ou ela ignorar o cara só porque ele não tem títulos, e livros nesse estilo me incomodam, pois nessa época vale mais o que você tem do que você é. Mas fico feliz que tenha gostado do livro, é sempre bom tirar algum proveito das nossas leituras.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Matheus!
      O patrimonialismo era um problema muito acentuado nos séculos passados - até hoje em algumas regiões. Mas acredito que isso torne o livro mais fiel à época.

      Bjs,
      Isa

      Excluir
  4. Oi Isadora, sua linda, tudo bem
    Você escreve tão bem, seu texto está impecável, deu gosto de ler. Eu sou apaixonada por romances de época, não me canso deles. Eu gostei muito do que a autora abordou nesse enredo, ela trouxe a visão de que um título de nobreza representava mais do que enriquecer com trabalho honesto. É revoltante perceber o significado de nobre para eles. Só por isso estou apaixonada por Hunt, e achei que no início ela nem o merecia. Mas como sou romântica, não resisto a força do amor que quebra qualquer barreira. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cila. Muito obrigada, linda!
      O Hunt é um personagem maravilhoso, exatamente por não se importar com o que as pessoas acham dele e não desistir da sua amada. Eu não consegui deixar o livro de lado nem um dia enquanto o lia!

      Bjs,
      Isa

      Excluir
  5. Oi, Isadora!
    Tenho uma dúvida: você recomenda o livro para alguém que nunca leu romances de época, mas quer experimentar? Não gosto muito de romances melosos, vale frisar. Você acha que vale a pena?
    ✎ Com carinho,
    Celly Nascimento.

    Me Livrando ━ Livre-se você também!

    ResponderExcluir
  6. Amo a capa desse livro, é muito delicada. Já o livro em si, bom, nunca li, mas admito que mesmo não gostando muito de romance, fiquei interessada por ser de época e tudo mais, me deixou com um tantinho de curiosidade. Não leria no momento por estar me curando de uma ressaca literária e acho que não é bem o tipo de livro que tô procurando!

    ResponderExcluir
  7. Amo muito romances de época. Não li nada da autora ainda, mas tenho várias indicações dos seus livros. Achei o romance bem fofo, e estou definitivamente apaixonada pela capa, achei super bonita e muito delicada.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Isadora. Eu não tenho muita conexão com a escrita da Lisa Kleypas, mas confesso que Segredos de uma Noite de Verão me conquistou um pouco. Muitos sabem que não gosto de romances de época, mas Segredos de uma Noite de Verão nos apresentou um cenário e personagens bem mais criativos e inovadores, claro que ainda há aqueles tradicionais clichês, mas com menor índice se comparado a outros.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!