Tecnologia do Blogger.

19/01/2016

RESENHA - Noites de Tormenta (Nicholas Sparks)

Ficha técnica:
Referência bibliográfica: SPARKS, Nicholas. Noites de Tormenta. 1ª edição. São Paulo, Arqueiro, 2015. 176 páginas.
Gênero: Romance.
Temas: Ficção americana, saudade, amor.
Categoria: Literatura estrangeira; literatura norte-americana.
Ano de lançamento: 2015.











“Penso em você constantemente desde que fui embora, perguntando-me por que a jornada em que estou pareceu me levar até você. Sei que o caminho ainda não terminou e a vida é uma estrada cheia de curvas, mas só posso esperar que de algum modo me leve de volta ao lugar ao qual pertenço. É assim que eu encaro a situação agora. Eu pertenço a você.”
*Noites de Tormenta (pág. 15).


Paul Flanner é um cirurgião bem sucedido que, aos 54 anos, descobre que não havia dado valor às coisas certas na vida. Ele sai em uma jornada para conquistar o que ele sempre deixou em segundo lugar. A primeira parada para resolver os assuntos do passado é em Rodanthe, na Carolina do Norte, onde ele conhece Adrienne Willis. Adrienne é a mulher que fará com que ele seja o homem admirável que ele nunca imaginou que conseguiria ser. Ela foi para Rodanthe para cuidar da pousada da melhor amiga enquanto ela estava fora. Adrienne havia perdido qualquer esperança de ser feliz novamente e vive apenas para os três filhos e o pai doente.
O mal tempo assombra a todos da cidade ao receberem a notícia de que serão longos dias e noites com uma tempestade nunca vista. Em meio ao frio e aos fantasmas do passado, Adrienne e Paul descobrem como o sentimento entre duas pessoas maduras pode ser o mais sincero e intenso.
“Noites de Tormenta” é uma surpreendente história sobre saudade. Diferentemente de romances como “Um amor pra recordar” e “O milagre”, neste Nicholas Sparks explora o nascimento e o desenvolvimento do amor entre dois personagens maduros, Paul Flanner, com 54 anos, e Adrienne Willis, de 45 anos. O autor retrata -- com uma descrição incrivelmente melancólica -- como a esperança e o tempo preservam o sentimento verdadeiro.
Com uma trama repleta de analepses, a obra chama atenção pelo drama e não pelo romance. Os dois personagens já viveram outras histórias de amor e decidem levar o amor entre eles adiante de uma forma diferente: à distância, através de cartas (o romance surge em 1988). A relação temporal é truncada: a trama é contada no presente, quando Adrienne decide contar à filha sobre o romance que viveu com Paul e o desenrolar do romance aparece somente nas analepses.
A história de “Noites de Tormenta” é contada em terceira pessoa, por um observador onisciente. A obra não tem uma trama fluida, mas prende a atenção dos leitores pelo mistério até revelar algumas peças do quebra-cabeças que é a história de amor dos dois personagens principais. O foco narrativo é a personagem Adrienne e o romance que ela e Paul viveram no passado.
Nicholas Sparks conseguiu fugir dos clichês contidos em seus romances ao construir uma trama em que a paixão entre os personagens não é arrebatadora e imediata (finalmente um que não retrata o amor instantâneo) – o romance se desenvolve com tanta calma que alguns leitores até poderão achar a obra entediante.
A linguagem empregada é como em todas as outras obras de Nicholas Sparks – simples, mas bem construída. O livro não tem muitos mimos, a capa antiquada também é característica das outras obras do autor, sempre estampadas por um casal. As páginas do livro me surpreenderam por serem tão espessas fazendo o livro parecer maior do que realmente é.
Nicholas Sparks é um autor norte-americano famoso na literatura romântica contemporânea. Aos 31 anos lançou o primeiro livro e, desde então, já escreveu dezoito obras que venderam mais de 100 milhões de exemplares, em cinquenta idiomas. Onze delas foram adaptadas para o cinema e televisão, inclusive a obra aqui resenhada.
“Noites de Tormenta” é, definitivamente, um livro para quem gosta de romances que escapam do clichê. A trama conquista os fãs de um bom drama regado a lencinhos para enxugar as lágrimas. Quem assistiu à adaptação de Noites de Tormenta no cinema (estrelado por ninguém menos que Richard Gere e Diane Lane) vai gostar ainda mais da obra literária que inspirou o filme.


Bibliografia de NICHOLAS SPARKS (ordem cronológica):



Livros:

·                     Diário de uma paixão (The Notebook) – Editora Novo Conceito (1996).
·                     Uma carta de amor (Message in a Bottle) -  Editora Arqueiro (1998).
·                     Um amor para recordar (A Walk to Remember) – Editora Novo Conceito (1999).
·                     O Resgate (The Rescue) – Editora Arqueiro (2000)
·                     Uma curva na estrada (A Bend in the Road) – Editora Arqueiro (2001)
·                     Noites de Tormenta (Nights in Rodanthe) – Editora Novo Conceito (2002)
·                     O Guardião (The Guardian) – Editora Arqueiro (2003)
·                     O Casamento (The Wedding) – Editora Arqueiro (2003)
·                     À Primeira Vista (At First Sight) – Editora Arqueiro (2006)
·                     A Escolha (The Choice) – Editora Novo Conceito (2007)
·                     Querido John (Dear John) – Editora Novo Conceito (2007)
·                     Um Homem de Sorte (The Lucky One) – Editora Novo Conceito (2008)
·                     A Última Música (The Last Song) – Editora Novo Conceito (2009)
·                     Um Porto Seguro (Safe Haven) – Editora Novo Conceito (2010)
·                     O Melhor de Mim (The Best Of Me) – Editora Arqueiro (2011)
·                     Uma Longa Jornada (The Longest Ride) – Editora Arqueiro (2013)
·                     O Milagre (True Believer) – Editora Arqueiro (2015)
·                     Três Semanas com o Meu Irmão (Three Weeks with my Brother) – Editora Arqueiro (2015)
·                     Noites de Tormenta (Nights in Rodanthe) – Editora Arqueiro (2015)

Top Comentarista n°5: Clique para participar


Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Eu tenho um sério problema com o Nicholas. Ele cria personagens que são idealizados demais e aí eu não consigo ler, vai entender né? Kkkk
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dos romances dele possuem personagens e tramas tristes, com uma boa dose de drama. Porém, eu me surpreendi com 'Noites de Tormenta'. Nesta obra, Nicholas nos presenteia com uma história muito diferente dos outros livros dele. Bjs!

      Excluir
  2. Olá, eu vi o filme e por ter achado dramático/emocionante demais, decidi não ler o livro por enquanto. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! A adaptação do livro para o cinema ficou bem dramática mesmo, muito mais do que o original. Obrigada! Bjs.

      Excluir
  3. hi baby, tudo bem? apesar de achar Nicholas um ótimo escritor eu estou meio cansada dos livros dele que sempre parecem ser a mesma coisa! sua resenha ficou ótima me fez até querer dar uma segunda chance ao autor! hehe

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Sparks sempre com ótimas obras.Essa não poderia ser diferente.
    Adorei a resenha,Parabéns!
    beijo.

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Isadora! Eu já vi várias resenhas das obras do Nicholas e nunca senti interesse justamente pelo fato de a escrita dele ser sempre "mais do mesmo", mas fiquei muito interessada quando soube que esse livro fugiu um pouco do que ele costuma apresentar nos outros. Fiquei empolgada para conhecer o romance do casal, pois acho que é a primeira vez que vejo um romance com esta temática. De qualquer forma, um livro dele que quero muito ler, independentemente de qualquer coisa, é Um amor para recordar. Deu para perceber pela lista de obras dele que a Arqueiro e a Novo Conceito estão em uma batalha pelo direito dos lançamentos do Sparks, hahah.

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro esse homem! Sério, seus livros são ótimos, sendo eles clichês ou não, para mim é irrelevante. Noites de tormenta, ainda nao consgui ler mas esta na lista para a próxima compra.

    ResponderExcluir
  7. Oiie
    Eu adoro o autor mas faz tempo que não leio nada dele, espero poder ler esse em breve e curtir bastante, sua resenha está ótima

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não li nenhum livro do Nicholas, mas tenho curiosidade, mas este em especial chamou minha atenção por você mencionar que o relacionamento deles não é num piscar de olhos, mas sim com calma, com certeza eu quero ler este.

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!